Planned intervention: On Wednesday June 26th 05:30 UTC Zenodo will be unavailable for 10-20 minutes to perform a storage cluster upgrade.
Published December 8, 2020 | Version v1
Journal article Open

Potencial antimicrobiano de extratos de própolis amazônica de Apis mellifera L. em Xanthomonas axonopodis pv. manihotis no estado do Pará, Brasil

Description

O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial efeito in vitro de extratos de própolis apícola amazônica sobre o crescimento de Xanthomonas axonopodis pv. manihotis, agente causal da bacteriose da mandioca. As amostras de própolis foram coletadas em apiários com colmeias habitadas por abelhas Apis mellifera L. (africanizadas) nos municípios de Santa Izabel e Curuçá, no estado do Pará. Os extratos foram obtidos a partir de maceração estática por 24 h com os solventes hexano, acetato de etila e etanol 80%. Os perfis fenólicos das amostras foram obtidos através de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência/Detecção de Arranjo de Diodos/Espectrometria de Massas com Ionização Electrospray (HPLC/DAD/ESI-EM). A atividade antibacteriana foi verificada com os extratos nas concentrações de 0,1; 0,2; 0,3 e 0,4%. A análise química revelou a presença do kaempferol na amostra de Santa Izabel-PA, do ácido gálico na amostra de Curuçá-PA, e do 3,4-dihidroxibenzoico em ambas amostras. O extrato etanólico a 80% da própolis apícola de Santa Izabel reduziu significativamente o crescimento de X. axonopodis pv. Manihotis.

Files

potencial-antimicrobiano-de-extratos-de-propolis-amazonica-de-apis-mellifera-l-em-xanthomonas-axonopodis-pv-manihotis-no-estado-do-para-brasil.pdf