Book Open Access

Extensão e Desenvolvimento Regional: da Teoria à Prática

Cidonea Machado Deponti

A extensão, juntamente com o ensino e a pesquisa, é um dos três pilares que sustentam a universidade como instituição universal comprometida com a formação acadêmica e profissional e com a produção de conhecimento científico, de modo a cumprir com a sua função social comprometida com as ações educativas em prol da construção da cidadania, da transformação social, e do desenvolvimento sustentável e inclusivo dos países e regiões onde a universidade está inserida e atua.
A extensão, dentre as dimensões indissociáveis do fazer universitário, é, sem dúvida, aquela que ocupa papel de destaque na inserção social da universidade, ao oportunizar o diálogo, a interação e a troca de saberes e aprendizados entre a comunidade acadêmica e a sociedade. O saber científico produzido através da pesquisa sobre os fenômenos e processos existentes na realidade e no território, necessita dialogar e se retroalimentar do saber popular, do conhecimento produzido histórica e socialmente pelos atores sociais, pelas instituições, pelas comunidades.

Entendemos que o fazer científico que se propõe ser de qualidade e comprometido com a sociedade, com a melhoria da sua qualidade de vida, com a construção da sua cidadania, com a promoção de alternativas de desenvolvimento socialmente includentes, ambientalmente sustentáveis, e economicamente responsáveis, não pode ser realizado apenas no campus da universidade, mas também precisa ser construído no campo, na cidade, na região, no território concreto onde a vida cotidianamente pulsa, e, não sem contradições, embates e avanços, acontece.
Na Pós-Graduação Stricto Sensu, onde as exigências institucionais e da CAPES quanto à avaliação dos Programas têm historicamentepriorizado e valorizado sobre tudo a formação dos alunos e o a produção científica e as publicações de docentes e discentes, muitas vezes verificamos que as atividades de extensão têm ficado em segundo plano no conjunto das atividades dos Programas.
No Brasil, notadamente a partir da década de noventa do século passado, com a criação de universidades públicas e comunitárias em diversas regiões e estados, e com o retorno à agenda nacional dos processos e políticas de desenvolvimento territorial e regional, forjaram as condições para criação de novos cursos de mestrado e doutorado em desenvolvimento regional, sobretudo no interior do território brasileiro.

A natureza institucional, a proximidade espacial, o compromisso com o desenvolvimento territorial e histórica articulação dessas universidades com as sociedades regionais e com as regiões onde estão instaladas e/ou atuam, permitiu desde o início da criação desses Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional a realização de um conjunto de programas, projetos e atividades de extensão em parceria e em colaboração com instituições públicas federais, estaduais e municipais, conselhos regionais e municipais, movimentos sociais, organizações empresariais, sindicatos de trabalhadores, associações de produtores rurais familiares, e associação de moradores, entre outros atores locais e regionais. Atividades essas que de modo geral apresentam amplo espectro quanto à sua abrangência espacial e temporalidade. Nesse sentido, abarcam desde a formação continuada e especializada através da realização de cursos e oficinas de extensão, abordando temas variados de interesse regional que contribuem para a formação e capacitação dos atores e instituições regionais, que envolvem também a realização de assessoria para a construção participativa de planos locais e regionais e também de projetos de desenvolvimento territorial, alcançando ainda a realização conjunta de projetos que contribuem para a construção e/ou avaliação da implementação de políticas públicas setoriais e territoriais que incidem nos processos de desenvolvimento regional.

Cabe igualmente destacar a participação, juntamente com os docentes, de alunos e de egressos dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, em grande parte desses projetos e ações de extensão, promovidas pelos Programas. O que se apresenta como muito importante no processo de formação acadêmica dos alunos, de formação continuada dos egressos, fortalecendo assim as ações de inserção social dos Programas e ao mesmo tempo qualificando e renovando as ações de ensino e pesquisa por eles realizadas.
A extensão realizada pelos programas de pós-graduação em Desenvolvimento Regional, assentada na produção de novos conhecimentos, através da pesquisa realizada pelos seus docentes e discentes, mas também renovada pelos saberes populares, práticas sociais e experiências locais e regionais de desenvolvimento, apreendidas através dos projetos e ações extensionistas, adquire importância fundamental para a consolidação dos Programas e para ampliação e qualificação de sua inserção social nas regiões onde atuam. A extensão também se torna relevante por possibilitar o protagonismo dos Programas no processo de desenvolvimento socioeconômico dos territórios, proporcionando condições para a redução das assimetrias regionais.
O presente livro intitulado “Extensão e Desenvolvimento Regional: da teoria à prática”, organizado pela colega Drª Cidonea Machado Deponti ao reunir um conjunto de importantes reflexões e resultados advindos de projetos e ações de extensão desenvolvidas por colegas que atuam em diferentes programas de pós-graduação do País, notadamente do campo do desenvolvimento regional, tem o mérito justamente de valorizar e de divulgar as ações e iniciativas extensionistas realizadas em distintas regiões do Brasil.

O livro também adquire importância por dar centralidade à extensão universitária realizada pelos Programas de Pós-Graduação, compartilhando diferentes abordagens teórico-metodológicas e experiências de intervenção, mediação e coparticipação na realidade social das regiões em seus processos de desenvolvimento.

Por fim, diante do atual contexto atual brasileiro de profunda crise institucional, de uma narrativa negacionista e de constantes ataques à ciência e à Universidade, essa publicação igualmente adquire relevância ao demonstrar claramente através de cada um dos capítulos aqui reunidos, a comprovação prática do compromisso institucional e da inserção social das nossas instituições de ensino e pesquisa nas diferentes regiões onde estão presentes e atuam. Boa Leitura a todos e todas!

Santa Cruz do Sul, agosto de 2021.
Dr. Rogério Leandro Lima da Silveira
Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

Publicação EDUEPB disponível no site: http://eduepb.uepb.edu.br/e-books/

Files (8.9 MB)
Name Size
EXTENSAO(04_11).pdf
md5:1d1b8c9f202729b6e4a98094b7c79c53
8.9 MB Download
964
905
views
downloads
All versions This version
Views 964964
Downloads 905905
Data volume 8.0 GB8.0 GB
Unique views 872872
Unique downloads 785785

Share

Cite as