Journal article Open Access

O PAPEL DO SUPERVISOR NA IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DAS POLÍTICAS EDUCATIVAS: PERCEPÇÃO DO SUPERVISOR EXTERNO

NÁDIA DE ABREU BENGO; PAULO HADI MANUEL; ADELAIDE CHONGUENDE LUÍS; CHOCOLATE ADÃO BRÁS

O estudo qualitativo, baseado na metodologia fenomenológica pretendeu compreender o papel do supervisor externo dos serviços locais do Ministério da Educação na implementação e gestão das políticas educativas. Durante um mês, foram realizadas (i) entrevistas telefónicas a nove supervisores externos colocados nas províncias do Cuanza Norte, Huíla, Luanda, Uíge e Zaire e (ii) analisados os relatórios de atividades de supervisão implementadas pelos supervisores. Nisto, os resultados do estudo indicaram que, nos serviços locais do Ministério da Educação frequentemente admitissem-se supervisores com formação académica superior em educação e vasta experiência na docência, bem como supervisores com fracas qualificações profissionais o que dificulta no apoio e orientação dos professores em diferentes contextos educacionais. Os dados coletados, também, indicaram que, a maioria dos supervisores externos actuou em todas as áreas educacionais, como no apoio tutorial ao professor, gestão de atividades de desenvolvimento profissional, dinamização de aulas, avaliação dos programas de ensino e elaboração de exames sem, contudo, ajustar as políticas educativas aos diferentes contextos educacionais.

Files (1.4 MB)
Name Size
Artigo 6 Nádia et al.pdf
md5:2364fc996eab604476665618497dc4a7
1.4 MB Download
42
50
views
downloads
All versions This version
Views 4242
Downloads 5050
Data volume 71.4 MB71.4 MB
Unique views 3737
Unique downloads 3838

Share

Cite as