Journal article Open Access

ACTIVIDADES DE CAMPO NO ENSINO DA GEOGRAFIA: PERCEPÇÃO DOS ALUNOS DO MAGISTÉRIO MWENE VUNONGUE, MENONGUE

DAVID LUMBALA SAMBA; FERNANDO VIANEQUE AGOSTINHO; ADALBERTO GIRAL GUTIÉRREZ

As actividades de campo constituem uma forma de organização de ensino que permite vincular os conteúdos geográficos construídos na sala de aulas com a realidade circundante, permitindo consolidar conhecimentos conceptuais, procedimentais e atitudinais, que são dimensões integradoras das competências profissionais necessárias para o futuro professor de Geografia. Com o objectivo de analisar a percepção dos alunos da 10.ª classe da especialidade Geografia/História do Magistério “Mwene Vunongue”, Menongue, sobre as potencialidades das actividades de campo no processo de ensino- aprendizagem da Geografia, como futuros professores, na correlação entre as potencialidades curriculares dos conteúdos geográficos e o entorno escolar, o estudo baseou-se na sistematização dos referenciais teóricos sobre as actividades de campo e na aplicação de um instrumento para a determinação das referidas percepções dos alunos. A análise aos conteúdos das respostas dos alunos evidenciou a escassa realização de actividades de campo, prevalecendo as aulas no contexto da sala, em detrimento das potencialidades geográficas do espaço circundante para a sua utilização em função do ensino da Geografia na formação inicial de professores. Não obstante, os estudantes manifestaram o conhecimento do seu espaço circundante, aspectos que se consideram fundamentais para a sua incorporação no contexto da formação, para a construção de competências profissionais inerentes à futura profissão docente no ensino primário e secundário.

Files (1.1 MB)
Name Size
Artigo 5 David Sama et al.pdf
md5:868c093505e0d683f90b7506dfda28d2
1.1 MB Download
36
33
views
downloads
All versions This version
Views 3636
Downloads 3333
Data volume 35.1 MB35.1 MB
Unique views 2929
Unique downloads 2626

Share

Cite as