Journal article Open Access

A problemática da ciência aberta e a avaliação da ciência em Angola

Sousa, João Baptista Machado

A problemática da ciência aberta, da gestão de revistas científicas e, consequentemente, da avaliação da ciência, tem sido bastante discutida ao nível da comunidade científica internacional. Os resultados apresentados por Caballero-Rivero, Sánchez-Tarragó & Santos (2019), permitiram constatar um crescimento estável dos artigos em Acesso Aberto, os quais representam mais de um terço da produção brasileira na Web of Science. Outro resultado à destacar, é da Cátedra Libre Ciencia, Política y Sociedad. (2019), quem realizou uma crítica ao paradigma hegemónico de avaliação da ciência, baseado fundamentalmente em indicadores quantitativos de papers e patentes. Em Angola, é visível o esforço que diferentes instituições têm estado a realizar no sentido de se melhorar a qualidade dos processos substantivos às revistas científicas e consequentemente melhorar a qualidade da informação científica validada nesta região.

Files (338.1 kB)
Name Size
V2_N3_00_2020_Editorial_252-259.pdf
md5:cf0494409e4cc262f277de3b4f0b5661
338.1 kB Download
54
22
views
downloads
All versions This version
Views 5454
Downloads 2222
Data volume 7.4 MB7.4 MB
Unique views 5252
Unique downloads 2222

Share

Cite as