Journal article Open Access

DIREITO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL NO MUNDO EDITORIAL DA TRADUÇÃO DE LIVROS, SOB A PERSPECTIVA BRASILEIRA DE IMPLEMENTAÇÃO DA "LEI DE DIREITOS AUTORAIS"

Alexandre Van Gualberto de WINDSOR

O presente trabalho visa apresentar como se dá o reconhecimento dos direitos autorais dos tradutores no âmbito editorial da comercialização de livros, com o intuito de promover uma ampla reflexão acerca das dificuldades enfrentadas pelos profissionais da tradução para fins de outorga de direito autoral, centrando-se na perspectiva brasileira de implementação da “Lei de Direitos Autorais”. Partindo-se de uma abordagem histórica da formação dos direitos autorais, o artigo identifica os primeiros sistemas de proteção dos direitos autorais, além de explanar a construção do modelo contemporâneo internacional de proteção da propriedade intelectual. Assim, a análise se volta para um estudo de caso e de direito comparado, com a finalidade de situar o leitor quanto a problemática enfrentada pelos tradutores, tanto no Brasil como em outras jurisdições. Para elucidar esta narrativa, foram escolhidos quatros casos estratégicos de dois grandes sucessos editorais, “Harry Potter” e o “O Senhor dos Anéis”.  Desse modo, como elemento principal deste estudo,é trazida a disputa judicial pelos direitos autorais da tradução do “O Senhor dos Anéis” no Brasil. Neste sentido, o artigo diferencia os modelos contratuais de prestação de serviços e concessões de direitos autorais, com fulcro no ordenamento brasileiro, para validar a afirmativa que o tradutor é um autor.Portanto, a partir dos resultados encontrados se pretende concluir que a tradução em regime de direitos autorais é o próprio direito do autor e não uma simples prestação de serviços.

Files (642.9 kB)
Name Size
e20200226.pdf
md5:cde5bf3991b9dc0ca616fb536256be1f
642.9 kB Download
58
29
views
downloads
All versions This version
Views 5858
Downloads 2929
Data volume 18.6 MB18.6 MB
Unique views 5656
Unique downloads 2929

Share

Cite as