Conference paper Open Access

Avaliação dos riscos de ocupação humana em relação ao quadro natural na micro-bacia do córrego da Abolição - Belo Horizonte/MG

Macedo, Diego R.; Magalhães Jr, Antônio P.


Citation Style Language JSON Export

{
  "publisher": "Zenodo", 
  "DOI": "10.5281/zenodo.2576039", 
  "language": "por", 
  "title": "Avalia\u00e7\u00e3o dos riscos de ocupa\u00e7\u00e3o humana em rela\u00e7\u00e3o ao quadro natural na micro-bacia do c\u00f3rrego da Aboli\u00e7\u00e3o - Belo Horizonte/MG", 
  "issued": {
    "date-parts": [
      [
        2005, 
        9, 
        5
      ]
    ]
  }, 
  "abstract": "<p>Este trabalho apresenta os resultados de um estudo sobre a realidade do processo de ocupa&ccedil;&atilde;o humana de uma micro-bacia hidrogr&aacute;fica na regi&atilde;o norte do munic&iacute;pio de Belo Horizonte, marcada por uma particular fragilidade ambiental. A micro-bacia do C&oacute;rrego da Aboli&ccedil;&atilde;o est&aacute; inserida em uma &aacute;rea onde as condi&ccedil;&otilde;es naturais do terreno n&atilde;o s&atilde;o prop&iacute;cias para a ocupa&ccedil;&atilde;o humana, de acordo com o plano diretor do munic&iacute;pio. Al&eacute;m disto, a &aacute;rea se apresenta ocupada por uma&nbsp; popula&ccedil;&atilde;o de baixa renda, que ali se instalou seduzida por loteadores populares, que se aproveitando da aus&ecirc;ncia de leis de regula&ccedil;&atilde;o do uso e ocupa&ccedil;&atilde;o do solo em Belo Horizonte na d&eacute;cada de 1970, criaram loteamentos sem infraestrutura b&aacute;sica e topograficamente incoerentes. O diagn&oacute;stico foi constru&iacute;do sob dois aspectos principais: a susceptibilidade/fragilidade natural, aqui considerada em rela&ccedil;&atilde;o aos eventos de inunda&ccedil;&otilde;es, eros&atilde;o e escorregamentos, e a situa&ccedil;&atilde;o s&oacute;cio-econ&ocirc;mica da popula&ccedil;&atilde;o residente. A susceptibilidade natural foi avaliada por meio dos aspectos geol&oacute;gicos, geomorfol&oacute;gicos e topogr&aacute;ficos. A situa&ccedil;&atilde;o s&oacute;cio-econ&ocirc;mica foi avaliada por meio da constru&ccedil;&atilde;o de um &iacute;ndice de risco, constitu&iacute;do pelos indicadores de renda, escolaridade e n&uacute;mero e idade dos habitantes por domic&iacute;lios nos setores censit&aacute;rios inseridos na micro-bacia. Tamb&eacute;m foi realizado um estudo da evolu&ccedil;&atilde;o do uso e ocupa&ccedil;&atilde;o do solo desde a d&eacute;cada de 1930, atrav&eacute;s de cartas e ortofotos. Dentre os resultados, obteve-se uma cole&ccedil;&atilde;o de cartas tem&aacute;ticas, que indicam os graus riscos relativos a cada evento natural especifico, as &aacute;reas ideais ou inadequadas para ocupa&ccedil;&atilde;o humana, os setores censit&aacute;rios com seus n&iacute;veis de risco associados ao perfil dos habitantes e um mapa final, que consiste em uma sobreposi&ccedil;&atilde;o dos fatores f&iacute;sicos com os de ocupa&ccedil;&atilde;o, que tenta ajustar os riscos naturais com realidade da ocupa&ccedil;&atilde;o humana. Este material pode fornecer subs&iacute;dios importantes para a defini&ccedil;&atilde;o de &aacute;reas priorit&aacute;rias para pol&iacute;ticas racionais de ocupa&ccedil;&atilde;o e prote&ccedil;&atilde;o ambientais.<br>\n&nbsp;</p>", 
  "author": [
    {
      "family": "Macedo, Diego R."
    }, 
    {
      "family": "Magalh\u00e3es Jr, Ant\u00f4nio P."
    }
  ], 
  "id": "2576039", 
  "event-place": "S\u00e3o Paulo, SP", 
  "type": "paper-conference", 
  "event": "XI Simp\u00f3sio Brasileiro de Geografia F\u00edsica Aplicada"
}
49
30
views
downloads
All versions This version
Views 4949
Downloads 3030
Data volume 47.7 MB47.7 MB
Unique views 4444
Unique downloads 2727

Share

Cite as